sábado, 2 de outubro de 2010

Segredo!

Reclamas ao dizer que só escrevo coisas tristes, talvez porque escrevo o que sinto. E encontro inspiração nos momentos em que estou triste. Não havia dito nada sobre as coisas que me falás-te. Achei bonito, de bom gosto e me senti especial. Você disse que me via como alguém que não aceitava regras, ou como alguém que queria ser diferente. E eu particularmente penso assim, que eu posso ser melhor ou pior, mas nunca igual. Me faz bem saber que alguém olha isto...
Que alguém nota meu esforço diário.
Menino que eu discordo, menino que digo muitas vezes que odeio...
Você descobriu meu segredo!

2 comentários:

Joaquim disse...

Já sei pra quem foi :)

taynna disse...

Poxa vc sabe mt!

Postar um comentário